Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Crónicas de um café mal tirado

Viagem ao Fim do Coração (2014) - Opinião

05.08.17, Crónicas de um café mal tirado
  Sinopse: Luísa ainda era uma adolescente. Tiago já era um jovem adulto. Conheceram-se na solidão de uma pequena praia, na margem de um rio. Tinham em comum uma relação familiar traumática. Num caso, o trauma do amor dos pais. No outro, o trauma do ódio dos pais.  Conheceram-se num dia que pareceu conter uma vida inteira. Mas teriam ficado separados para sempre, se a invisível linha de uma doença que rói o corpo e anuncia a morte não os tivesse voltado a ligar, dezasseis (...)

Viver Depois de ti (2013) Opinião livro

26.01.17, Crónicas de um café mal tirado
Louisa Clark é uma jovem com uma vida banal - um namorado estável, trabalhador e uma família unida - que nunca saiu da aldeia onde sempre viveu. Quando fica desempregada, vê-se obrigada a aceitar um emprego em casa de Will Traynor, que vive preso a uma cadeira de rodas, depois de um acidente. Ele sempre tinha vivido de um modo trepidante - grandes negócios, desportos radicais, viajante incansável - agora tudo isso ficou para trás. Will é mordaz, temperamental e autoritário, mas (...)

O livros definem-nos como pessoas?

25.01.17, Crónicas de um café mal tirado
  Recebi a biblioteca de duas pessoas (cerca de de 130 livros) . Sem entrar em pormenores e analisando muito superficialmente as obras em sí. O escritor preferido era Mia Couto, Susana Tamaro e Milan Kundera. Há uma predominância de  autores da Ameriaca Latina (Isabel Allende,Sandra Sabanero, Luis Sepúlveda).   Há também a presença de clássicos como os Maias, Cem Anos de Solidão, e Ressurreição de Tolstoí e dois de Charles Dickson. Vou partilhar alguns com as pessoas que (...)