Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Crónicas de um café mal tirado

Os livros que devoraram o meu pai - Opinião

25.09.16, Crónicas de um café mal tirado

os-livros-que-devoraram-meu-pai_zpsjmzgo0sg.jpg

Vivaldo Bonfim é um escriturário entediado que, escondido de seu chefe, lê romances e clássicos da literatura durante o expediente, na repartição de finanças onde está empregado. Um dia, enquanto finge trabalhar, perde-se nas páginas de um livro e desaparece deste mundo. Esta é a sua história - contada em primeira pessoa por Elias Bonfim, seu filho, que recebe como herança a biblioteca de Vivaldo e, então, inicia uma aventura pelos grandes clássicos em busca de seu pai, percorrendo obras repletas de assassinos, paixões devastadoras, feras e outros perigos feitos de letras.

 

 

Untitled-1.jpg

 

 

 

Estes foram os livros que devoraram o meu pai! Como já aqui referi anteriormente este autor entrou directamente para o meu top 5 de escritores preferidos.

Quem quer conhecer a escrita deste autor este é uma óptima opção. Um livro bem pequeno ( 120 páginas) que se lê de uma assentada e que nos dá um «cheirinho» do potencial deste escritor. Este livro é recomendado pelo plano nacional de leitura para o 3º ciclo, destinado a leitura autónoma.

 

Um livro destinado aos apaixonadas pela escrita deste autor e pelos livros em geral, para quem fica fascinado  com este mundo e se perde por lá...

Este livro está escrito e construído de uma forma astuta, há uma teia perfeita entre as histórias destes livros ( onde o seu pai se perdeu) e a sua própria vida  onde tudo flui maravilhosamente. 

Os livros deste autor têm uma particularidade...a história é tão rica e interessante que pouco importa o final mas ... não havia necessidade...