Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Crónicas de um café mal tirado

ASAE no Alentejo - Dia Internacional do Café

14.04.16, Crónicas de um café mal tirado

 

 

Resistente-ao-calor-vermelho-preto-de-a&ccedil.jpg

 

Elementos da ASAE foram destacados para o Alentejo. Entraram numa tasca pediram um café e um deles quis também um bolo. O compadre deu-lhe o café, pegou no bolo com a mão e colocou-o em cima do balcão. Claro que foi chamado à atenção além de ter levado com uma valente multa.

Apressadamente, o alentejano ligou para o compadre que tinha uma tasca lá perto e avisou-o:
- Compadre a ASAE esteve aqui. Tome atenção que também são capazes de a seguir o visitar…

Ainda o alentejano estava a acabar de falar e os fiscais já entravam pela porta adentro.

- Bom dia. Quero um café e um bolo. – Diz um dos fiscais.

Com todo o cuidado, o alentejano deu-lhe o café e com a tenaz tirou o bolo e colocou-o num pires. Entretanto o fiscal, depois de ter tomado o café e comido o bolo, reparou que o homem tinha um cordel preso na braguilha e perguntou:
- Oiça, para que é esse cordel?

Explica o alentejano:
- Então, quando vou fazer xixi, abro a braguilha, puxo o cordel e faço o servicinho… Nunca chego a tocar com a mãos só a pensar na higiene!

Espantado com a máxima higiene mantida pelo alentejano, curioso perguntou:
- Então e depois como é que mete isso para dentro?

E diz o alentejano:
- Ahh isso é com a tenaz dos bolos…