Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Crónicas de um café mal tirado

A Rapariga no Comboio (2015) - Opinião

15.06.16, Crónicas de um café mal tirado

a-rapariga-no-comboio.jpg

 

           
SINOPSE:

O êxito de vendas mais rápido de sempre.
O livro que vai mudar para sempre o modo como vemos a vida dos outros.

Todos os dias, Rachel apanha o comboio... No caminho para o trabalho, ela observa sempre as mesmas casas durante a sua viagem. Numa das casas ela observa sempre o mesmo casal, ao qual ela atribui nomes e vidas imaginárias. Aos olhos de Rachel, o casal tem uma vida perfeita, quase igual à que ela perdeu recentemente.

Até que um dia...

Rachel assiste a algo errado com o casal... É uma imagem rápida, mas suficiente para a deixar perturbada.

Não querendo guardar segredo do que viu, Rachel fala com a polícia. A partir daqui, ela torna-se parte integrante de uma sucessão vertiginosa de acontecimentos, afectando as vidas de todos os envolvidos.

 

Normalmente os livros que dizem que são êxitos de vendas, best seller defraudam as minhas expectativas ( isso aconteceu com O Céu Existe Mesmo

mas não aconteceu com A Sombra do Vento e a A Cabana).

Como toda a gente falava deste livro (talvez chame a isso uma bela campanha de marketing) claro que eu não queria ficar de fora. Comei a lê-lo no ano passado mas o livro não me prendeu nas primeiras páginas...comecei outra vez a em Abril e também não fiquei convencida...só agora consegui ler e acreditem que foi com muita força de vontade porque o livro realmente é um bocado fogo de vista ...

 

Começam logo e mal  por fazer comparação com o livro Em Parte Incerta/ Gone Girl- 2013 . Apenas vi o filme e adorei.

 

Em concreto este livro a escrita é simples. A história anda para trás e para a frente, mas como a história está bem contada nesse sentido «não perdes o fio à meada».

Um história contada sobre a perspectiva de três pessoas e em dois momentos distintos.As personagem são todas tão caóticas que não tomas partido por ninguém .

 Ao contrário de muita gente eu só descobri o que aconteceu à pessoa desaparecida quase nas ultimas páginas, deve-me ter escapado qualquer coisa... Não posso dizer  que fosse um final obvio para mim mas sem graça e nada surpreendente! 
 
Não gostei muito mas estejam à vontade para me convencerem do contrário  

8 comentários

Comentar post