Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Crónicas de um café mal tirado

A Bibliotecária de Auschwitz - Opinião

18.04.16, Crónicas de um café mal tirado

image.jpg

 

 

Sinopse:

Auschwitz-Birkenau, o campo do horror, infernal, o mais mortífero e implacável. E uma jovem que teima em devolver a esperança. Sobre a lama negra de Auschwitz, que tudo engole, Fredy Hirsch ergueu uma escola. Num lugar onde os livros são proibidos, a jovem Dita esconde debaixo do vestido os frágeis volumes da biblioteca pública mais pequena, recôndita e clandestina que jamais existiu. No meio do horror, Dita dá-nos uma maravilhosa lição de coragem: não se rende e nunca perde a vontade de viver nem de ler porque, mesmo naquele terrível campo de extermínio nazi, «abrir um livro é como entrar para um comboio que nos leva de férias».

 

Depois de tudo o que foi dito sobre Auschwitz  o que este livro traz de novo? Um livro com base numa história real,com uma escrita simples. No início percebemos a importância dos livros e como eles nos podem ajudar a viajar abstraindo-nos do pior dos cenários que nos rodeia.

 

Dita é um enfermeira muito dedicada dos seus 8 livros em papel, correndo riscos tudo em prol do conhecimento. Vamos conhecendo outras personagens e suas vidas ao longo do livro  que nos fazem perceber todo o ambiente que nos rodeia.

Á  medida que o tempo avança é cada vez mais fortes as descrições e só os mais fortes sobreviverão .

 

Vale a pena ler este livro, é um livro de esperança tal como este testemunho

 

 

Completei a leitura do livro com estes dois programas

 

 

 

 

 

 

2 comentários

  • Eu também! Mais um para as minhas recomendações !!
  • Comentar:

    CorretorEmoji

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.